3 min

Reabilitar para prosperar

Publicado em 24.04.2024
Reabilitar para prosperar
Somos um dos países da União Europeia onde se verifica uma maior pobreza energética. Pelo menos 1,8 milhões de portugueses afirma sofrer de incapacidade ou dificuldade em aceder a vários serviços de energia em níveis adequados e cerca de um terço dessas pessoas está em situação de pobreza energética severa. Esta situação deveria preocupar-nos.

Num ano que se espera desafiante para grande parte dos portugueses, com o aumento considerável da prestação do crédito habitação, do gás e da eletricidade, é urgente que sejam apresentadas medidas concretas para um problema que nos afeta a todos: o aumento do custo de vida e as suas consequências. Muitas famílias não têm condições financeiras para aquecerem as suas casas. 

Temos um parque habitacional envelhecido e pouco eficiente, com apenas 3,1% das casas construídas na última década, pelo que o segmento da reabilitação constitui um importante eixo de atuação; é uma tendência do setor da construção e faz parte da resposta à pobreza energética e à descarbonização do edificado

Portugal já aprovou um estratégia nacional de longo prazo de combate à pobreza (ELPPE 2023 - 2050), cuja missão principal é erradicar a pobreza energética até 2050. Para tal, é necessário dispor de um plano de ação para criar melhores condições de habitabilidade e conforto, com maior eficiência energética e sustentabilidade e, desta forma, responder aos objetivos subjacentes ao programa. 

Um claro exemplo de uma solução que reponde a este desafio é o ETICS, um sistema de isolamento térmico pelo exterior, disponibilizado pela Weber, marca da Saint-Gobain Portugal. Esta solução aumenta a eficiência das habitações e promove uma poupança significativa na necessidade de climatização dos espaços para os seus utilizadores.

O ETICS é uma das soluções construtivas mais utilizadas para o revestimento e renovação de fachadas em edifícios com isolamento térmico insuficiente, infiltrações ou aspeto degradado. Além disso, diminui fortemente o risco de ocorrência de condensações internas, através da correção das pontes térmicas. Na escolha de um sistema ETICS, um dos requisitos cada vez mais relevantes é a proteção ao fogo, pelo que a solução escolhida deverá considerar uma placa isolante em lã mineral; a Weber oferece duas propostas para esse fim: o sistema webertherm comfort (baseado em lã de vidro) e o webertherm mineral (baseado em lã de rocha). 

Uma solução alternativa também proposta pela Saint-Gobain para o revestimento de fachadas para edifícios de alta eficiência energética é o sistema Placotherm® Integra, para construção seca, de rápida execução e elevadas prestações, adaptado à atual exigência térmica, acústica e de proteção ao fogo para edifícios de consumo quase nulo.

A par da crise habitacional amplamente debatida e reconhecida, também se esperam respostas concretas para a pobreza energética do país, que pode ser reduzida com a colaboração do setor da construção. Alinhada com o propósito "Making The World a Better Home", a Saint-Gobain está focada nestas temáticas.

 

Filipe Sambento, Diretor Comercial na Saint-Gobain Portugal in Jornal de Notícias.