6 min

"Trabalhamos para melhorar o quotidiano e o futuro de todos"

Publicado em 20.02.2024
"Trabalhamos para melhorar o quotidiano e o futuro de todos"

Através de novas soluções e serviços inovadores, a Saint-Gobain contribui para o futuro do planeta.

Referência no que diz respeito ao fabrico e distribuição de materiais e soluções que dão resposta aos desafios da construção sustentável, o Grupo Saint-Gobain tem-se distinguido no setor, ano após ano, como o demonstra os prémios que tem arrecadado. Para conhecer melhor a organização e perceber o motivo do seu êxito, falámos com Filipe Sambento, diretor comercial da Saint-Gobain Portugal.

  • A Saint-Gobain foi premiada em janeiro com a certificação Top Employer Global pelo Top Employers Institute. E também foi premiada pela "Escolha Sustentável" na categoria de Produto, com o Climalit Ecológico, pela ConsumerChoice. Que comentário lhe merece estas distinções?

A certificação "Top Employer", pelo sexto ano consecutivo, é um feito notável e um grande motivo de orgulho, refletindo não apenas práticas excecionais de gestão de recursos humanos, mas também impactos significativos em várias áreas. Se inevitavelmente esta certificação demonstra que somos uma empresa capaz de se moldar aos novos tempos, este ano, em particular, ajudar-nos-á a colmatar algumas necessidades transversais ao mercado de trabalho e ao setor da construção, como a falta de mão-de-obra e a atração e retenção de talento.

No que diz respeito ao Prémio Escolha Sustentável, é um reconhecimento evidente de que estamos no caminho certo para os objetivos da Grupo no que diz respeito à sustentabilidade.

  • Já que estamos a falar em distinções, o que distingue a Saint-Gobain de outras empresas do setor?

De uma forma muito resumida, diria que algo que nos distingue é que através da nossa visão de sermos líderes mundiais em construção sustentável, trabalhamos para melhorar o quotidiano e o futuro de todos através de soluções que proporcionam bem-estar e elevado desempenho.

A nossa estratégia passa pelo desenvolvimento de soluções para cada um dos nossos mercados, por exemplo, multiprodutos e multisserviços para a renovação energeticamente eficiente das habitações, sistemas integrados de valor acrescentado para apoiar o mercado da mobilidade na sua transição verde e conectada, ofertas de conforto acústico, visual ou de qualidade do ar para edifícios não residenciais, e não só.

  • Fale-me um pouco da vossa estratégia e compromisso para com a sustentabilidade, que é tão importante no setor da construção e da reabilitação.

A nossa proposta de valor consiste em oferecer alternativas à construção pesada, através de alternativas de construção, soluções e serviços que proporcionam mais sustentabilidade (emissões de carbono reduzidas, menor consumo de recursos naturais, desmantelamento fácil, melhor conforto...) e maior desempenho (tempo de construção mais curto, poupanças financeiras, etc…). Com esta visão, que dá todo um significado ao compromisso do Grupo de alcançar a neutralidade carbónica em 2050, a Saint-Gobain contribui para o esforço global da luta contra as alterações climáticas, da proteção dos recursos naturais e da disponibilização de habitações confortáveis e dignas para todos.

  • No que diz respeito aos vossos materiais e soluções de construção, existe alguma novidade?

A Saint-Gobain foi nomeada pelo 9.º ano consecutivo Derwent Top 100 Global Innovator 2020 pela Clarivate Analytics, que determinou o ranking global das empresas e instituições mais inovadoras, pelo que o desenvolvimento e melhoria dos nossos produtos e soluções fazem parte do nosso ADN. Uma das nossas novidades mais recentes é o serviço weberfloor pump.

Destaco também a solução cimentícia, destinada à betumação em piscinas e áreas húmidas, webercolor pastilha – eleito Produto do Ano 2024. Este betume caracteriza-se pela fácil aplicação e prestações melhoradas e é baseado numa fórmula com tecnologia patenteada, desenvolvida pelo laboratório da Saint-Gobain Portugal em Aveiro, em parceria com institutos e universidades associadas. Esta inovação elimina fenómenos de expansão em água que, ao longo do tempo, se traduzem em patologias de fissuração e degradação da junta e é ainda dotada de uma elevada vitrificação superficial que diminui acentuadamente o desgaste por abrasão, mantendo o seu aspeto inicial.

Ao longo do ano foram várias as novas soluções lançadas no mercado e temos previstas novidades para o ano 2024. Fiquem atentos.

  • Quer destacar algum ou alguns dos vossos produtos? Qual ou quais e explique porquê?

Na nossa atividade, um dos principais constrangimentos enfrentados é a falta de mão-de-obra especializada. Uma das inovações que nos tem permitido automatizar a indústria e complementar o trabalho dos profissionais é o nosso serviço mecanizado weberfloor pump, da marca Weber, para aplicação de pavimentos. Ao oferecer uma economia significativa de tempo e de custos em obra para o aplicador, contribui ainda para a sustentabilidade do setor ao não utilizar sacos para a entrega do produto e ao possibilitar reabastecimentos de areia perto do local de obra, diminuindo, assim, o CO2 associado ao transporte e à utilização de areia não seca. Com este serviço, só em 2023, conseguimos poupar 130 mil sacos de produto.

  • Pela vossa experiência, que retrato fazem da atividade da construção e reabilitação urbana em Portugal?

O mercado de reabilitação urbana tem crescido de forma consistente, demonstrando um enorme potencial. Prova disso, é que no Plano de Recuperação e Resiliência, apresentado pelo atual governo, a habitação e a eficiência energética constituem domínios que devem ser assumidos como prioritários.

A meu ver, precisamos de olhar para este mercado com o potencial que lhe é devido, priorizando a eficiência energética dos edifícios reabilitados, já que Portugal está no ranking dos países na Europa com maior pobreza energética.

  • Em que ano chegou a Saint-Gobain a Portugal e que balanço faz da operação?

O mercado português, onde marcamos presença desde 1962, está em constante crescimento e revela um enorme potencial para a Saint-Gobain.

A nossa atividade tem-nos permitido apoiar o país na resolução de problemas estruturais como é o caso da situação de pobreza energética que atravessa. Possibilita-nos ainda trabalhar o mercado de reabilitação urbana, que tem crescido de forma consistente, e que poderá também ser um importante contributo para colmatar a falta de habitação no país.

Por outro lado, Portugal tem-se mostrado ativo no seu contributo para o Pacto Ecológico Europeu Green Deal e, por isso, está alinhado com a nossa visão de construir um mundo melhor e mais sustentável, de acordo com o nosso propósito Making The World a Better Home. É um país com excelente capital humano e que nos tem possibilitado investir em inovação tecnológica através do nosso centro de I&D, em Aveiro, reconhecido pelo Ministério francês pelo trabalho desenvolvido na área, reconhecimento válido até 2025.

Filipe Sambento, Diretor Comercial na Saint-Gobain Portugal in Jornal de Negócios.